02-03-2006

Conversão da Base de Nacala custa 13 milhões de dólares

O Governo precisa de mobilizar 13 milhões de dólares norte-americanos, para uma intervenção visando transformar a pista de aterragem da Base Aérea de Nacala, na província de Nampula, em aeroporto civil.
Com este valor, de acordo com António Loureiro, administrador para a área das operações daquela empresa, seria possível melhorar a pista de aterragem, construir um edifício para os serviços técnicos, terminal de passageiros e carga, entre outras infra-estruturas imprescindíveis, que actualmente não existem.
`Para a operacionalização da pista para a aterragem de aeronaves de grande porte como as de tipo `Boeing´767, precisamos de 13 milhões de dólares, enquanto que para as de tipo 737, as estimativas apontam para sete milhões de dólares, explicou António Loureiro.
Segundo a fonte, estes cálculos resultam de um levantamento muito preliminar efectuado pela própria empresa, realidade susceptível de sofrer alterações cada vez que o tempo for passando. Neste momento, decorre um trabalho de `marketing´ do projecto com vista à mobilização de eventuais parceiros para o seu funcionamento, uma vez que a nível interno não há capacidade suficiente para suportar um empreendimento desta envergadura.
O programa de conversão da pista da Base Aérea de Nacala para fins comerciais foi lançado há mais de três anos, à luz de um estudo que mostrava ser sustentável, uma vez que devido á sua localização geográfica, o aeroporto poderia servir de um centro de distribuição do tráfego aéreo para fora e dentro do país.
NOTÍCIAS - 02.03.2006

28-02-2006

CAMPO DE INSTRUÇÃO MILITAR DE BOANE

Boane_capa
Fomos e ainda são milhares os "passantes" do Campo Militar de Boane: portugueses e moçambicanos. Eu fui um deles. E considero aquele local como o primeiro "cadinho" da formação de um novo espírito de ser moçambicano.

Conheça a sua história, contada pelo Cor. Abranches Pinto, em:
http://www.macua.org/livros/boane.html

Fernando Gil
MACUA DE MOÇAMBIQUE